Livro #2 de 12 | A arte de fazer acontecer (GTD), de David Allen

Publicado por em 2/07/2015 | 2 comentários

Clique e saiba mais. #12livrosem2015

Tem título de autoajuda, mas na verdade A Arte de Fazer Acontecer é a bíblia do conceituado método de organização e produtividade criado por David Allen, autor do livro. O Getting Things Done, abreviado de GTD, é o assunto deste livro. E o que isso tem a ver com livros e leitura?

Muita coisa.

A principal é que este é sobre não se distanciar dos livros, e organização e produtividade tem tudo a ver com conseguir ler mais e com mais qualidade. Concorda?

Por isso, embora seja um livro mais técnico, a minha segunda leitura do ano – demorei a fazer a resenha! – merece um espaço aqui.

A premissa do método é simples, e talvez por isso seja tão encantador logo de cara: sua mente foi feita para ter ideias, não para mantê-las. Então o GTD quer livrá-la do peso de ter tantas coisas acumuladas, deixando sela livre para criar e focar.

Dar ordem ao caos. Meio como o Google, que quer organizar a internet, sendo que pra sua vida.

Livro sobre o GTD, de David Allen

E é difícil que alguém não se identifique com essa necessidade no tempo tão corrido, caótico e veloz em que vivemos. Não à toa, Getting Things Done é um best seller internacional publicado em mais de 28 línguas, desde 2001. 

Leia mais

Tags deste post: , , , ,

Pocket post #2 >> Fuga através da leitura

Publicado por em 28/06/2015 | Deixe um comentário

Fuga através da leitura - by Sérgio Bernardo

Fuga através da leitura – by Sérgio Bernardo

» 1. Tirinha do Laerte
Começando 5 coisas imperdíveis que vi na semana, tem essa tirinha do Laerte que vi no Twitter do Skoob. Porque não tá fácil pra ninguém, muito menos para nós leitores.

Tirinha - Laerte

» 2. Foto do Instagram de Sérgio Bernardo
Pela Rua da Aurora, aqui no Recife, o fotógrafo Sérgio Bernardo fez esse clique e marcou o @menos1naestante no Instagram. Um flagra ao mesmo tempo triste e otimista. Um retrato da “fuga através da leitura”, como ele bem descreveu. Lembrou esse poema de Paulo Leminski (do livro Toda Poesia):

leite, leitura,
letras, literatura,
tudo o que passa,
tudo o que dura
tudo o que duramente passa
tudo o que passageiramente dura
tudo, tudo, tudo,
não passa de caricatura
de você, minha amargura
de ver que viver não tem cura

Fuga Através da Leitura. #livro #leitura #literatura #rua #Recife @menos1naestante

A photo posted by Sérgio Bernardo (@sergiobgs) on

Leia mais

Tags deste post:

Parceria com a editora Rádio Londres

Publicado por em 24/06/2015 | Deixe um comentário

Boa notícia! Como adiantei pelo Instagram, agora temos uma parceria com a Rádio Londres Editora. Fiquei feliz quando fizeram contato comigo, porque sempre é sinal de trabalho reconhecido. :) O tipo da coisa que faz a gente seguir em frente.

Antes mesmo, já vinha acompanhando a repercussão sobre a novíssima editora independente de ficção internacional, como se descrevem, e seus títulos. Stoner, do americano John Williams, é o mais falado e elogiado dos cinco livros do catálogo. É uma galera que vem se esforçando para trazer obras que fizeram muito sucesso pelo mundo, mas que ainda não tinham sido lançadas no Brasil.

Rádio Londres - títulos

Esse é o catálogo da editora, estou lendo o grafado.

Leia mais

Tags deste post: ,

9 street art literárias incríveis pelo mundo

Publicado por em 19/06/2015 | Deixe um comentário

Tem quem não goste de street art? Eu não conheço. É aquela arte que o artista dá para a sociedade, ao alcance de todos no lugar onde as coisas acontecem: as ruas. Coloca cor nas cidades cinzentas e, muitas vezes, provocações no cotidiano.  Curto muito quando dou de cara com algumapor onde ando, inclusive descobri que tem umas bem legais por aqui. Então resolvi reunir aqui umas literárias que tenho visto, as que eu mais gostei. Estão em diferentes lugares do mundo, pura inspiração. Gosto de pensar que o artista ficou tão inquieto depois de ler o livro que precisou expressar isso nos muros, precisou colocar pra fora. E assim a literatura vai cumprindo sua função.

A Revolução dos Bichos, de George Orwell

1. A Revolução dos Bichos, de George Orwell. Foto daqui.

Alice no País das Maravilhas , by Banksy.

2. Alice no País das Maravilhas, by Banksy. Daqui.

Leia mais

Tags deste post: , , ,

Pocket post #1 >> Game of Thrones e outras coisas

Publicado por em 15/06/2015 | Deixe um comentário

Game Of Thrones, eu lerei.

Game Of Thrones, por que fazes assim?

» 1. Final da 5ª temporada de Game of Thrones
Quem é fã da série e não surtou ainda, é porque não viu o último episódio da 5ª temporada. #WTF, o que foi isso, héin? O único conforto ao final, foi ver que estamos todos nós juntos, fãs da série, nessa angústia. O Buzzfeed retratou bem como nos sentimos [ATENÇÃO, todos os links deste tópico contêm SPOILERS!]. E o impressionante é como a história na série acontece muito diferente da do livro, discrepâncias impressionantes listadas pelo site IGN [em inglês] ponto a ponto. Ou seja, não é bem a série do livro que estamos vendo. Esses e outros motivos que explicarei melhor depois me fizeram tomar uma decisão: sim, eu lerei as obras de George R. R. Martin.

» 2. Vídeo da New Yorker com ilustras do Liniers
Tudo do Liniers é muito massa, e aí pra arrematar de vez a revista americana The New Yorker fez esse videozinho divertido pra o Instagram deles, o Henrietta Reads, homenageando alguns classicos da literatura. Mas se você segue o Menos1naestante na rede social, você já viu. ;)

Leia mais

Tags deste post: , , , ,

Projeto #12 livros em 2015

Publicado por em 20/05/2015 | 8 comentários

Projeto 12 livros em 2015

O ano vai ser diferente. Tem que ser. Desde a volta do blog, decidi. Parei com essa história de metas de leitura distantes e impossíveis, que resultam num fim de ano frustrante. Eu corro demais. Você também deve correr demais, acontece com todo mundo hoje. É trabalho, é casa, contas pra pagar, marido, família, amigos, estudos.

Decidi focar no que está ao alcance, e assim surgiu o 12 livros em 2015 #12livrosem2015. É o mínimo de 1 livro por mês.

Pra quem tem um ritmo acelerado de leitura, essa meta vai soar como gargalhada. É o caso de muitos leitores do blog, grandes devoradores de livros. Eu acho lindo demais. Mas pra mim não funciona do mesmo jeito. Pra mim, menos é mais.

E pra você? Leia mais e participe também

Tags deste post: ,

Dia das Mães: 9 livros para fazer sua mãe voltar a ler

Publicado por em 8/05/2015 | 2 comentários

Dia das Mães #menos1naestante

As chances de você, lendo este post, ainda não ter escolhido um presente para a sua mãe são enormes, de acordo com todas as pesquisas sobre os hábitos de última hora dos brasileiros. Ainda nem sabe que objeto vai complementar o combo abraço forte  + “eu te amo, mãe” que ela merecia todos os dias. Talvez você seja completamente contra a data comercial, e vou entender suas razões. Mas sou dessas que adora ganhar e dar presentes, e pra mim Dia das Mães é só aquela desculpa bem registrada no calendário. Ainda mais se há uma missão especial: fazer sua mãe voltar a ler.

Pensando nisso, convoquei a comunidade #meno1naestante no Facebook e Instagram para criarmos essa lista de 9 livros AMADOS por mães de leitores Brasil afora (obrigada, seus lindos!). Alguns já vêm com selo de eficiência testado em reavivar o hábito de leitura nessas mulheres-maravilha que fazem milagres diários para cuidar de tudo e de todos. <3

Então, topa dar uma história incrível pra a sua mãe?

Continue lendo as dicas

Tags deste post: , , , , , , , , , ,

Livro #1 de 12 | As vastas emoções de Rubem Fonseca

Publicado por em 6/05/2015 | Deixe um comentário

É o meu projeto realista de leitura :) #12livrosem2015

Livro 1/12 - Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos, de Rubem Fonseca.

Livro 1/12 – Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos, de Rubem Fonseca.

Vastas Emoções e Pensamentos Imperfeitos, de Rubem Fonseca, é o livro mais cinematográfico que eu já li. Se fosse um filme, seria um de David Lynch. Cidade dos Sonhos (Mulholland Drive, 2001), pra ser mais específica. Porque é uma história onírica em que o espectador o tempo todo se pergunta se o que acontece é delírio ou a realidade dos personagens. No livro, esse limiar parece um pouco mais definido. Eu disse “parece”.

>> Assista ao trailler do filme e entenda o que eu digo.

O próprio título é parte da definição de sonho de um médico e psicólogo britânico chamado Havelock Ellis: “um mundo arcaico de vastas emoções e pensamentos imperfeitos”. Inclusive foi essa parte do livro que me atraiu, pois considero uma das mais lindas combinações titulescas da língua portuguesa. E os sonhos ganham mesmo um papel tão importante na trama quanto os acontecimentos fora deles, na vida do personagem principal.

Se tem uma coisa que o leitor vai encontrar neste livro é ritmo, pois a história se desenrola num thriller de investigação onde há duas grandes tramas na vida do mesmo protagonista. Se fosse escrito hoje, o autor poderia facilmente considerar colocar a história em três volumes. Mas foi em 1988.

Continue lendo a resenha

Tags deste post: , , ,
Página 1 de 6412345...Última »