Posts com a tag "wikiposts"

Wikipost #4 Livros sobre reivindicações e um país mudando

Publicado por em 22/06/2013 | Um comentário

Ler para o futuro

Tanta coisa tem acontecido no Brasil. Protestos por toda a parte, de capitais a interior, milhares de pessoas reivindicando condições melhores de várias coisas, pessoas de várias idades e perfis. Na mídia, só se fala nisso. No Facebook, só se fala nisso. Nos bares, só se fala nisso. Opiniões as mais diversas, insatisfações, idem.

O consenso é que é um tempo de questionamentos. Tempo de perguntas, de apontar o dedo, de afirmar e se contradizer na voz ou nas atitudes, tempo de pensar, coisa que o Brasil precisava. E pensar combina com literatura, combina com ler para refletir, para a cabeça viajar e voltar mais consciente. Vamos sintonizar os livros de cabeceira com o momento que estamos vivendo?

Quem indica um livro que fale sobre reivindicações de um povo e sobre um país mudando?

Foi a pergunta que fiz na página do Facebook do blog (ah, você ainda não curte?), e apareceram ótimas dicas. Só que esse é um wikipost, e você pode deixar, a qualquer momento, uma indicação de livro com esse tema também nos comentários, e eu acrescentarei na lista.

 

1968 – o ano que não terminou, de Zuenir Ventura
| dica de Laura Rosa

1984, de George Orwell
| dica de Ashley Trindade e de Carlos Alberto Chaves Jr

Agosto, de Rubem Fonseca
| dica de Laura Rosa

A Revolução dos Bichos, de George Orwell
| dica de Paula Alvarez, Claudia Virgilio

Brasil Nunca Mais – Um Relato para a História [coletânea]
| dica de Valderina Silveira

Corações Sujos, de Fernando Morais
| dica de Robson Varzem

Fahrenheit 451, de Ray Bradbury
| dica de Ashley Trindade

Jogos Vorazes, trilogia de Suzanne Collins
| dica de Availton Corino

O banqueiro dos pobres, de Muhammad Yunus
| dica de Kleu Gomes

Os Carbonários, de Alfredo Sirkis.
| dica de Louis Enrico Cyprus

O Incidente em Antares (primeira parte), de Érico Veríssimo
| dica de Melissa Pereira

Os Miseráveis, de Victor Hugo
| dica de Carolina Esmeralda, Paula Alvarez, Léia Viana

O que é isso companheiro?, de Fernando Gabeira
| dica de Rita Costa

V de Vingança, HQ de Alan Moore
| dica de Ashley Trindade

 

Foto daqui.

Tags deste post: , , , ,

Wikipost #3 Dia do Livro <3

Publicado por em 23/04/2013 | 2 comentários

Dia do Livro <3

Dica de Noeme.

… e uma mente necessita de livros da mesma forma que uma espada necessita de uma pedra de amolar para se manter afiada.” George R.R. Martin

Dica de Léia.

Eu, por exemplo, gosto do cheiro dos livros. Gosto de interromper a leitura num trecho especialmente bonito e encostá-lo contra o peito, fechado, enquanto penso no que foi lido. Depois reabro e continuo a viagem. (…) Gosto do barulho das paginas sendo folheadas. Gosto das marcas de velhice que o livro vai ganhando: (…) a lombada descansando, o volume ficando meio ondulado com o manuseio. Tem gente que diz que uma casa sem cortinas é uma casa nua. Eu penso o mesmo de uma casa sem livros.” Martha Medeiros

Dica de Camila.

…Eu lia tudo que me caísse pela frente. Literatura vagabunda, elevada e tudo que ficasse no meio – tudo era tratado da mesma maneira brusca…” Trecho de Serena, Ian McEwan.

Nada melhor para homenagear o Dia Internacional do Livro do que trechos dos próprios objetos da paixão. Este é um wikipost, ou seja, está aberto à colaboração: se você conhece algum trecho de livro que fale do amor pelos livros, conta pra gente. Obrigada a Noeme, Léia e Camila, que deram as dicas pelo Facebook.

quinn.anya via Compfight cc

Tags deste post: ,

Wikipost #2: um beijo de cinema no livro

Publicado por em 14/04/2013 | 2 comentários

Foto de Druples

Dia 13 de abril é o Dia Internacional do Beijo, e quem passa pela internet nesta data não tem como esquecer. Pedi aos leitores do Facebook trechos de livros com cenas de beijo, e apareceram algumas bem legais, o que me deu a ideia de abrir o segundo wikipost.

Ou seja, começo com as cenas de beijos abaixo, e se você quiser participar, é só colocar um trecho de livro (nome e autor do livro) nos comentários, ou mandar pelo Facebook, Twitter ou e-mail marcia@menosumnaestante.com. Vamos nos inspirar! Saiba mais sobre os wikiposts aqui.

Enfiou a mão pelos cabelos dela, retirou-lhe os grampos e, deixando-os cair sobre a gola bordada e sobre o rosto, alisou seus longos anéis com as mãos tremulas. Levantou-se, sustentando-a em seus braços, nunca imaginara a força das mãos de Uther. Atravessando o quarto, ele deitou-a na cama. Ajoelhando-se ao seu lado, inclinou-se e beijo-a novamente.”
As Brumas de Avalon – A Senhora da Magia, de Marion Zimmer Bradley | Dica de Paula Alvarez

“Não quis, não levantou a cabeça, e ficamos assim a olhar um para o outro, até que ela abrochou os lábios, eu desci os meus, e…”

Dom Casmurro, Machado de Assis (o primeiro beijo de Bentinho e Capitu), dica da Regina Trindade.

Wikiposts anteriores:
>> Wikipost #1: um personagem pra chamar de amigo

Photo Credit: DRUPLES via Compfight cc

Tags deste post: , , , , ,

Wikipost #1: um personagem pra chamar de amigo

Publicado por em 7/08/2012 | 16 comentários

Foto de Michael Yan

Quem nunca se afeiçoou tanto a um personagem de livro, que gostaria de pegá-lo para amigo? Tantas vezes fiquei com saudades de um personagem depois que o livro acabou. Dá vontade de poder convidar pra um café ou cervejinha no bar. Pena que não dá.

Sem falar nas vezes que acontece alguma coisa na vida, e fico lembrando do personagem porque houve algo parecido com ele no livro ou uma frase que ele ~disse~ sobre o assunto. Pode parecer muito louco, mas leitor que é leitor vai me entender.

Por isso a ideia da promoção #1amigonaestante, onde pedi que as pessoas abrissem o coração e contassem: que personagem você queria ter como amigo e por quê (em uma frase). Abaixo você vê o resultado. Se fosse uma competição, a Lisel, do A Menina que roubava livros ganharia por ser a mais citada. Gente boa ela deve ser, héin?

Lembrando que esse é um wikipost literário, ou seja, está aberto à sua contribuição. Basta deixar nos comentários: o nome do personagem, o livro e uma frase dizendo o porquê de tê-lo como amigo.

Entenda o que é um wikipost. ;)

Aline Beuttenmüller

Queria ser amiga do Holden*, por ele não querer tanto assim ter amigos. E para poder falar que, no duro, ele é cem por cento – e ele entender. *Holden Caulfield, do livro “O Apanhador no campo de centeio”, escrito por J.D. Salinger.

Alex Luna

Quincas Borba. Do livro Quincas Borba, M. de Assis. Porque eu sempre quis ter um amigo cachorro.

Aline Rodrigues

Queria ser amiga do menininho de “Pai, me compra um amigo?” por motivos óbvios… Ele pelo menos juntou coragem e pediu ao pai, eu nem isso :-(

Ana Carolina Carvalho

Personagem: Carlinhos Livro: Menino de Engenho Autor: José Lins do Rego Queria tê-lo como amigo para aproveitar a infância brincando com liberdade e os pés descalços, sem preocupações materiais.

Ana Elisa de Souza

Queria ter como amigo o Dexter, do livro Um dia, do autor David Nicholls. Porque nada melhor que ter um amigo que conhece vários países para conversar, viajar comigo e mostrar os melhores pontos turísticos do mundo!

Barbara Amorim

Gostaria de ser amiga de Liesel Meminger, diretamente do livro A menina que roubava livros – Markus Zusak, para poder lhe apresentar todas as bibliotecas do mundo e fazê-la ver que, apesar de tudo, a vida é bela!

Bruno Felipe

Alberto Knox – do livro, O Mundo de Sofia. Pois com sua companhia, aprenderei a essência do quanto é belo e magnífico: questionar e compreender, os fatos e sistemas que estão presentes em nosso universo.

Caio Oliveira

Gostaria de ter como amigo o Ricardo ou simplesmente o “Ricardito” como a menina má gostava de chamá-lo. Ele é um personagem do livro do Mario Vargas Llosa – Travessuras da Menina Má. Ricardo é um personagem incrível, é um verdadeiro amigo, não importa a hora nem o lugar ele está sempre disposto a ajudar quem ele ama ou simplemente conhece, e nunca esperar nada em troca. É simplemente um amigo para todas as horas que qualquer pessoa que saiba dar valor e cuidar de uma amizade verdadeira iria fazer questão de ter ao lado.

Carlos Negreiros

Eu queria ser amigo do Mago Howl, do livro O Castelo Animado, de Diana Wynne Jones, porque ele é o dono do Castelo de Hauru, um castelo andante, que possui uma porta que leva a diferentes dimensões e mundos mágicos, e eu como amigo, iria pegar altas caronas com ele porque não sou bobo :)

Leia mais

Tags deste post: , , , , , ,

Os wikiposts literários

Publicado por em 7/08/2012 | 2 comentários

Do Bookporn

Se tem uma coisa legal em ter o Menos um na estante, é toda essa interação com vocês. Aprendo bastante com os comentários aqui no blog, Twitter, Facebook, Instagram, e adoro criar posts em que vocês colaboram. Fica muito mais rico.

É por isso que há tempos venho pensando em criar os WIKIPOSTS, uma seção no blog que começa agora. Serão posts colaborativos, que nunca estarão encerrados. Faço a postagem com o tema, dando o start, e à medida que vocês forem acrescentando informações sobre aquele assunto nos comentários, eu os acrescento lá.

O primeiro wikipost será resultado da promoção #1amigonaestante. Estarão lá as respostas de quem participou, e quem quiser contar qual personagem quer ter como amigo e porquê (em uma frase), eu acrescento no post.

Que acharam? Espero que gostem e participem.

Foto do BookPorn.

Tags deste post: , , , ,