Posts com a tag "sir artur conan doyle"

Escritores famosos e suas estátuas pelo mundo

Publicado por em 15/10/2011 | 2 comentários

Cada lugar com sua homenagem especial a um escritor. Na sequência, seis estátuas de escritores famosos espalhadas pelo mundo. Mas de onde vieram essas, tem muito mais. O Flavorwire fez uma super seleção de 20 delas.

Para colocar um toque brasileiro, fui procurar foto da estátua de Machado de Assis, o nosso escritor mais famoso depois de Paulo Coelho, mas não achei nenhuma boa e liberada. Ela é imponente, e fica no pátio da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro. Fiquem com o link.

Oscar Wilde

Para mim, essa de Oscar Wilde é a mais divertida. Colorida assim, é quase um anão de jardim. A escultura é de Danny Osborne, 1997, e fica em Dublin, na Irlanda.

Franz Kafka

E essa a mais interessante, pois a obra também foi abordada na escultura do tcheco Jaroslav Róna, de 2004. É simplesmente Kafka, montado em um homem sem cabeça. Para completar, fica em Praga, na República Tcheca, que eu morro de vontade de conhecer.

Sir Arthur Conan Doyle

Elegante, Sir Arthur Conan Doyle aprecia a vista de Crowborough, East Sussex, Inglaterra. Escultura de David Cornell, 2001.

Ernest Hemingway

Num bar de El Floridita, Havana, Cuba, Hemingway mantém esse semblante de "aham, senta lá, cláudia". Arte do artista cubano José Villa Soberón, 2003.

Edgar Allan Poe

Edgar Allan Poe, bem intrigado, como as obras dele, sentado em alguma praça de Baltimore, EUA. Moses Ezekiel esculpiu em 1916, mas a estátua foi colocada no lugar em 1921.

William Shakespeare

Giovanni Fontana, em 1874, imortalizou William Shakespeare, casual, no centro de Londres, Inglaterra.

Dica de Dulce.

Tags deste post: , , , , , , , , ,

Sherlock Holmes falando de flores

Publicado por em 13/01/2011 | Deixe um comentário

“Que coisa bela é uma rosa! Para nada a dedução é tão necessária quanto o é para a religião – disse ele, apoiando as costas contra as venezianas da janela. – Ela pode ser constituída como uma ciência exata pelo lógico. Nossa mais completa confiança na excelência da Providência está depositada nas flores. Todas as outras coisas, nossos poderes, nossos desejos, nossa comida, são realmente necessários para nossa existência em primeiro lugar. Mas essa rosa é um extra. Seu perfume e sua cor são um embelezamento da vida, não uma condição dela. É somente a excelência que nos dá um extra, e por isso digo mais uma vez que temos muito que esperar das flores.”

Se tem uma coisa que eu não esperava encontrar nesse mundo, era uma declaração de Sherlock Holmes sobre as flores. Achei o máximo. Foi um pequeno grande momento meu. Imagina, eu amo flores. Quem me conhece há mais tempo, sabe que já tive, inclusive, um blog chamado “azul com flores”.

Com essa de colocar uma observação tão delicada na voz do mestre dos magos da investigação, Sir Arthur Conan Doyle me fisgou de vez. O trecho é de um dos melhores contos do personagem, O Tratado Naval, presente em Memórias de Sherlock Holmes. Para completar, acabei pinçando essas cenas com o trecho, pedaço de uma série que passou entre 1984 e 1994.

Tags deste post: , , ,

Balanço de fim de ano, ambições para 2011

Publicado por em 7/01/2011 | 2 comentários

Abri este espaço há quase 9 meses. Como tudo que é bom, passou tão rápido que nem senti ser tanto. Para marcar o fim do ano começo de 2011, custa nada fazer um balanço do que eu li desde que comecei o Menos um na estante. Afinal, esse blog é em primeiro lugar um projeto egoísta de estímulo à minha leitura, e logo em seguida objetiva incentivar o hábito de todos ;)

Livros lidos em 2010

Nessa brincadeirinha de números, não tem nem graça a quantidade ínfima de títulos que apreciei. Literatura e internet como ferramenta de trabalho são coisas que não nasceram para combinar. Mas a gente força e vai conseguindo, driblando. Teria até vergonha se já não houvesse um pequeno avanço e a consciência de que é um passo atrás do outro.

Todo o fôlego para 2011! Será preciso, pois abaixo estão só as últimas aquisições de fim de ano: uns ganhei de presente, outros o próprio dinheiro me deu. Com algumas mudanças na vida, espero dar mais conta. Se não tivesse às voltas com uma monografia de pós-graduação, traçaria até algumas metas, como a escolha de um clássico. Mas para quê criar objetivos irreais, não?

Livros para 2011

E você, quais foram as aquisições de fim de ano? Quais são as metas de leitura para 2011? Quero saber.

Tags deste post: , , , , , , , , ,