Posts com a tag "Pablo Neruda"

Pablo Neruda, o poeta que colecionava casas no Chile

Publicado por em 24/09/2013 | Deixe um comentário

Se tinha uma coisa que Pablo Neruda gostava de colecionar, além de palavras, eram casas. No Chile, são três, cada uma mais peculiar que a outra. Conheci duas quando visitei o País, e vou contar um pouco sobre elas: a minha homenagem ao poeta, pelos 40 anos da sua morte. Para entrar no clima, dê o play nessa compilação linda da BBC, que convocou 21 repórteres de várias nacionalidades para recitar o Poema 15, um dos mais famosos do autor:

É triste que exista um cenário nebuloso em torno desta data, que é o não esclarecimento da real causa morte do poeta, em 23 de setembro de 1973. Há suspeitas de que ele pode ter sido vítima da ditadura Pinochet, e não de complicações de um câncer, como se acreditava até há pouco. A dúvida motivou um forte debate entre um dos guias da Fundación Neruda e um turista, numa das visitas que fiz às casas.

A primeira que conheci foi a La Sebastiana, casa que fica numa cidade portuária a 120km de Santiago. Cheia de altos e baixos, vista para o mar por todo lado, a charmosa cidade de Valparaíso é só a deixa para a casa ter a forma que tem: imitando um navio. Não só na fachada, que é a parte que vocês podem conferir nas fotos, porque dentro câmeras são abolidas. Cada cômodo foi pensado para fazer Neruda se sentir em alto-mar. A obsessão é tanta que um dos quartos tem até uma inclinação no chão.

La Sebastiana - Valparaíso

No mais, é fantástico entrar nos ambientes que o poeta chileno criou pra si, com livros, móveis, manuscritos, os mais diferentes artigos de decoração de várias partes do mundo, resultado de viagens dele ou de amigos. Dá pra ter certeza que Neruda gostava muito de receber os amigos para comer, beber e trocar ideias. E aqui e ali, a gente vai identificando uma vista, um cantinho, pequenas coisas que  o inspiraram ou até renderam algumas estrofes.

Leia mais

Tags deste post: , , , , , ,

De férias: descobrindo Santiago do Chile

Publicado por em 10/11/2012 | 2 comentários

Livros na mochila

O meu momento é de férias, essa palavrinha linda de sete letras. Tão especial que até escrever um post durante o “fazer nada” a bordo de um avião, como faço agora, é prazeroso. Em algumas horas, conhecerei o Chile, a terra de Pablo Neruda, Isabel Allende, Alejandro Zambra, Roberto Bolaño e tantos outros.

Nos preparativos para a viagem, fiz uma pesquisa #menos1nestante sobre a literatura do país e descobri que tem muita coisa interessante vinda de lá. Para entrar no clima, pensei em começar lendo o Bonsai, do Alejandro Zambra, mas tentei em duas livrarias e não o encontrei. Só vi críticas boas sobre o livro, que foi lançado há pouco tempo.

De qualquer forma, não embarcaria desprevinida. Alguns minutos na frente da estante depois, escolhi dois felizardos bem diferentes entre si: O Grande Gatsby, de Fitzgerald e Amor Líquido, de Bauhman. Mas, tenho que dizer: como é difícil escolher livros para levar na viagem, né?

Enfim, no meu roteiro estão visitas a no mínimo duas das três casas de Pablo Neruda, localizadas em Santiago e arredores, que foram transformadas em museus. E, claro, contarei tudo aqui no blog. Até lá, o Menos um na estante vai ficar preguiçoso, mas tentarei escrever alguns posts entre um passeio e outro.

Ah, se alguém tiver dicas turístico-literárias para mim no Chile, passe por favor. :)

PS: Só consegui postar isso dois dias depois que escrevi, mas o clima é o mesmo. Tudo volta ao normal no dia 22/11.

Tags deste post: , , , , , , ,