Posts com a tag "livraria cultura"

Kobo, o novo e-reader da Livraria Cultura

Publicado por em 27/11/2012 | 14 comentários

Kobo Touch Livraria Cultura

Devagarzinho, depois de quase 15 dias viajando, vou chegando de viagem, vou chegando à internet, ao trabalho e ao Menos um na estante. Tenham só um pouquinho de paciência. Então estava preparando um post, quando recebi uma newsletter com uma boa notícia, ao que tudo indica. A Livraria Cultura lançou um e-reader, o Kobo, por um preço bem interessante: R$ 400.

Hoje começa a pré-venda do equipamento pelo site, com entrega a partir de 5 de dezembro. É um e-reader básico, ideal para quem procura um aparelho para ler livros eletrônicos, carregar uma infinidade de títulos no aparelhinho. Ele utiliza a tecnologia e-ink (como o leitor da Amazon e vários outros), que imita o papel pois não reflete a luz.

O aparelho tem 6 polegadas, pesa apenas 185 gramas e a bateria dura até um mês. Apesar de ter três modelos anunciados no site, o único que já está disponível é o Kobo Touch. Não conheço o equipamento, mas, de cara, simpatizo muito com a novidade por dois motivos. O primeiro é o preço interessante – geralmente os e-readers chegam aqui muito mais caros por causa dos impostos.

O segundo é o fato de ser uma das nossas maiores redes de livrarias trazendo seu próprio e-reader, com anunciados 12 mil títulos em português para download de início. Entrando no negócio, é natural que a Livraria Cultura use a sua força junto às editoras para estimular a venda de livros eletrônicos. O que me dá esperanças de termos, em breve no Brasil, e-books a preços justos e não tão caros como livros de papel, como acontece hoje.

Vamos ver o que acontece. Quem comprar, por favor, conte aqui.

Tags deste post: , , , , , , , ,

E-books na ótica de Pedro Herz

Publicado por em 17/12/2011 | 2 comentários

O dono da Livraria Cultura, Pedro Herz, fala um pouco sobre o negócio do livro digital nesse vídeo da TV Folha. A desculpa é a provável chegada da Amazon no mercado brasileiro. Interessante saber como pensa o comandante da maior rede de livrarias do País.

Herz lembra que começou a vender e-books há 1 ano e meio: “A Livraria Cultura, ela continuará vendendo conteúdo. A mídia, o leitor que escolhe”. Apesar dessa visão aberta, ele acredita que o negócio ainda vai demorar pra engatar. O fato de as vendas de e-books na rede não corresponderem nem a 1% do total de livros certamente influencia essa visão.

Dica ótima de Filipe Freitas.

Tags deste post: , , , , , , ,