Posts com a tag "literatura"

Resenha O Grande Gatsby

Publicado por em 12/02/2014 | 16 comentários

Tipografia - Gatsby

Expectativa é uma coisa problemática, principalmente se for alta. Isso serve pra tudo na vida, mas vou me limitar aos livros. Você pode ser o tipo de leitor que devora todo livro que lhe cai à mão. Ou você pode ser como eu, que não consegue ter essa disponibilidade toda e escolhe bem antes de entrar numa leitura. O ruim disso é que geralmente eu não espero pouco do livro, ainda mais quando é um clássico como O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald.

Desde que me entendo de gente, ouço falar do livro, e aos poucos fui nutrindo essa vontade de conhecer Gatsby. Essa história que teria todo o glamour dos anos 20, as roupas, as festas, os romances. Quando assisti ao filme Meia-Noite em Paris, onde Fitzgerald é bem representado, decidi que tiraria o livro da estante o quanto antes.

O verão de 1922 na cidade de Long Island, em Nova Iorque, é o cenário onde Nick Carraway chega e tudo acontece. Ele é o vizinho de Jay Gatsby e sua mansão de belo jardim, famoso pelas festas extravagantes que reúnem as melhores comidas e bebidas, a fim de divertir pessoas de todas as regiões, que chegam sem nunca terem sido convidadas, ou conhecer o anfitrião.

A história se desenrola nesse clima e em torno de quem, na verdade, é Gatsby. Lendas urbanas não faltam sobre ele e ao longo das páginas, a gente vai descobrindo o que é verdade. Como disse uma amiga, o livro é menor que as altas expectativas. Esperava muito mais do clássico. Não é surpreendente na história, não é surpreendente na forma de contá-la. Mas acho que vale a pena lê-lo despretensiosamente, que é o que eu queria ter feito.

Depois de acabar, é claro que eu fui ver o filme com Leonardo di Caprio e Carrey Mulligan, e adorei. Não, não quer dizer que o filme é ótimo, mas quer dizer que o filme é bem fiel às cenas que o livro descrevem, o que é sempre o êxtase para qualquer leitor. Fora o tom modernoso das músicas e tudo mais, claro. Agora ficou difícil pra mim dizer se a experiência é assim tão boa pra quem nunca teve nenhum contato com os causos de Gatsby.

Quero muito saber o que vocês acharam dos dois.

http://instagram.com/p/dvPddxE9bv/

Nem as maiores lufadas de fogo e vento seriam capazes de competir com aquilo que um homem pode guardar em seu coração etéreo.

Ah, e atenção para a importância de ler livros com boas traduções. Quando postei no Instagram essa foto de um trecho de O Grande Gatsby, edição da Penguin, Catarina se deu conta como era pior a tradução do mesmo livro que ela estava lendo, edição da LP&M. Pra você ter ideia, o mesmo trecho grifado acima virou:

Não há intensidade de ardor ou de euforia que possa desafiar aquilo que um ser humano é capaz de armazenar em seu fantasmagórico coração.”

Diferença do mal, héin?

Fotos são daqui. A última é minha.

Tags deste post: , , , , , , , ,

Para levar no pescoço

Publicado por em 4/11/2012 | Um comentário

Lenços literários

Imagina levar algumas páginas do seu romance preferido no pescoço? Eu desejei fortemente esses lenços quando vi. Quem faz isso é a loja Storiarts, no Etsy. Tem lenço de Orgulho e Preconceito, da Jane Austen. Pena que a loja online parece não estar recebendo pedidos, por hora, e acredito que tudo fosse em inglês. Fica a dica para os empreendedores literários brasileiros. :)

Dica de Dulche.

Tags deste post: ,

Personagens famosos e suas inspirações reais

Publicado por em 29/10/2012 | 2 comentários

Alice x Alice Liddell

É muito curioso descobrir que personagens ícones da literatura mundial são inspirados em pessoas reais. Eu não tinha ideia de que a Alice no País das Maravilhas, do clássico de Lewis Carrol, era inspirada numa Alice de verdade, de 10 anos e sobrenome Liddell, cuja foto acima o próprio escritor teria tirado. As informações são de que a menina de dez anos era uma filha de amigos, e pedia a Carroll que contasse histórias.

Moby Dick x Mocha Dick

Mocha Dick seria uma baleia albina que foi batizada assim porque frequentava os mares da Ilha de Mocha, no Sul do Chile, no século 19. Quem escreveu sobre ela primeiro foi o explorador Jeremiah N. Reynolds, que observava o animal “branco como lã”. Herman Mellville teria juntado essas informações com as suas navegações para escrever Moby Dick.

Molly Bloom x Nora Barnacle

O romance Ulysses, de James Joyce, acontece em um único dia, 16 de junho de 1904. Este teria sido o dia do primeiro encontro com Nora Barnacle, a própria esposa do escritor. Daí a inspiração para a personagem Molly Bloom.

Severus Snape x John Nettleship

John Nettleship assumiu para a imprensa que era um professor de química de pavio curto e cabelos compridos, na Escola Wyedean, perto de Chepstow. Isso depois que J.K. Rowling admitiu que o professor Snape, de Harry Potter, era vagamente inspirado num professor de química que ela teve.

Tem outras revelações interessantes no Flavorwire, de onde saíram essas.

Tags deste post: , , , , , , , ,

Personagens de histórias épicas

Publicado por em 23/09/2012 | Deixe um comentário

Personagens épicos

Fãs de A Guerra dos Tronos, O Senhor dos Anéis, e outros épicos da literatura, digam se esse quadro com os personagens comuns em histórias épica não é certeiro?

Achado de Adelmo no FFFFOUND!

Gostou do post? Então siga o #menos1naestante no Twitter e curta no Facebook. Não se esqueça de votar no TOP BLOG 2012 ;)

Tags deste post: , , , ,

Bules literários

Publicado por em 17/09/2012 | 2 comentários

Bules & Livros

Para a semana começar boa mesmo, queria um chá ou um café diretamente saídos de um desses bules, especialmente o de Alice no País das Maravilhas. Foi por acaso que eu descobri esses bules literários, vi a foto de um no Bookporn e fui descobrindo os outros. Alguém imaginava que existissem tantos modelos, assim, cada um mais legal que o outro?

Gostou do post? Então siga o #menos1naestante no Twitter e curta no Facebook. E não se esqueça de votar no TOP BLOG 2012 ;)

Tags deste post: , , , , ,

Ganhe um marcador de livro do Menos um na estante

Publicado por em 20/07/2012 | 7 comentários

Um amigo na estante

Tenho um monte de marcadores de livros lindos do Menos um na estante, criados por Célia Lins com a ajuda de Anizio. Estão todos lá, esperando parar na mão de vocês de alguma forma. Como não tem pra todo mundo, tem que ser via promoção. Então criei um desafio literário, pra gente falar de livros e vocês ainda ganharem um mimo do blog.

E nada mais oportuno do que o 20 de julho, Dia do Amigo. Sabe quando tudo o que você quer é bater um longo papo com aquele personagem do livro num café ou mesa de bar? Então a minha questão é: QUE PERSONAGEM DE LIVRO VOCÊ QUERIA TER COMO AMIGO? Para participar, é só responder à pergunta aqui na aba no Facebook. Os autores das 20 melhores respostas vão receber em casa o marcador de livros. Só tem que morar no Brasil.

E para os blogueiros de literatura de plantão: vamos fazer postagens respondendo à pergunta? Colocarei aqui todos os links de post.

Vamos falar de literatura!

Tags deste post: , , , , , ,

Os cartuns da The New Yorker

Publicado por em 22/05/2012 | Deixe um comentário

Cartum The New Yorker 1

Uma pequena seleção minha da seleção dos dez melhores cartuns da The New Yorker que brincam com livros, do editor de arte Bob Mankoff. Foram escolhas feitas para a estréia do blog sobre livros Page – Turner, no site da revista. Tem mais de onde esses vieram.

Tags deste post: , , , , , ,

A mina de ouro ou 500 livros para download grátis

Publicado por em 9/05/2012 | 7 comentários

Livros não faltam

Quem está sempre conectado sabe que até na internet há dias e dias. Uns em que não se aproveita nada, outros em que basta um link para a nossa alegria. Tive um da segunda categoria, quando dei de cara com uma mina de ouro dentro do site da Universia Brasil: mais de 500 livros para download gratuito. Entre títulos de comunicação, biografia de cineastas e clássicos da literatura, há muita coisa boa.

Um ótimo endereço para perder um tempinho abastecendo o celular, o tablet ou mesmo o computador para deixar aqueles momentos de ociosidade bem temperados. Só para vocês terem ideia, por lá se encontram 13 livros de Fernando Pessoa, A Divina Comédia em português, 40 livros de literatura de Cordel. Quem lê facilmente em inglês, há de se deliciar com quatro títulos de Jane Austen, oito obras de Conan Doyle ou mesmo 15 de Shakespeare, e é só o começo.

Foto do BookPorn. Via Catraca Livre

Tags deste post: , , , , , , , ,
Página 1 de 212