Posts com a tag "facebook"

Para não perder o Menos um na estante no Facebook

Publicado por em 10/03/2013 | Deixe um comentário

Pelas estatísticas do blog, vejo que muitos de vocês acompanham as atualizações aqui pelo Facebook. Só que a rede de relacionamento não é instituição filantrópica apenas interessada em reunir as pessoas, é uma empresa interessada em ganhar dinheiro. Então é fato que nem todas as atualizações do Menos um na estante – e das outras páginas que você curte – vão aparecer pra você o tempo todo. Isso é para estimular as publicações pagas, mas como a gente não pode ficar pagando para publicar, gostaria de ensinar a vocês uma forma de não perder as novidades do blog no Facebook.

Blog no Facebook

Basta você acessar lá o facebook.com/menosumnaestante e colocar o mouse em cima do botão “Curtir”. Marque a opção “Mostrar no feed de notícias”, para garantir que as atualizações da página não vão ser escondidas da sua timeline. Se você não quer mesmo perder nada <3, pode ainda selecionar "Obter notificações". Você fica recebendo assim: Obter notificação

Outra opção é também “Adicionar às listas de interesse”, área em que você pode criar listas temáticas inserindo amigos e páginas. Gente, é só uma sugestão, tá? E é bom dizer que serve pra qualquer fan page que vocês gostem de acompanhar.

Tags deste post: ,

Leitores andam ocupados demais

Publicado por em 4/01/2013 | Um comentário

Téo & O Mini Mundo

Um tapa na cara da sociedade. Eu menos preciso perder menos tempo no Facebook e passar mais tempo lendo. Fato. E você, se identifica?

Vi aqui, dica de Natali, que sempre acha as melhores tirinhas.

Tags deste post: , , ,

Haja Freddie Mercury

Publicado por em 6/07/2012 | Deixe um comentário

Freddie Mercury Menos um na estante

Tudo que eu vou conseguir por hoje é dar essa passadinha pra contar a vocês como estou feliz, a página no Facebook do Menos um na estante chegou aos mais de 1.500 fãs. Isso por que Zuckerberg foi legal comigo ao ceder uns 50 dólares para eu testar os anúncios na rede social dele, o que significa muito mais gente sabendo que o bloguinho existe. E pelo visto, estão gostando.

A quem está acessando pela primeira vez, boas vindas. Tudo para ler mais.
Vem brincar também por aqui: fb/menosumnaestante e aqui twitter/menos1naestante. Pelo visto, serão muitos Freddies Mercurys ainda ;)

Tags deste post: , , ,

Os 10 links mais acessados da história do -1

Publicado por em 16/04/2012 | Um comentário

2000 fãs

Vocês não acharam que o re-lançamento e aniversário de 2 anos do Menos um na estante se resumiria a um post na data, não é? Virão mais e algumas surpresinhas. Queria registrar que logo depois da quarta-feira, ganhei outro presente: a página do blog no Facebook alcançou os 1.000 fãs. O meu muito obrigado a todos eles e a todos que acompanham o blog, seja onde for, representado pela imagem acima.

Gostaria de dividir com vocês alguns dados do blog nesses 2 anos. Recebemos quase 32 mil visitas nesse tempo, com uma duração média de 1min32s. Do Brasil, vem 92,4% da audiência, sendo as três cidades que mais passam por aqui: Recife (24%), São Paulo (14%) e Rio de Janeiro (8,5%). Interessante que o Facebook é o maior gerador de acessos, já trouxe 11 mil pessoas para o blog, e em segundo lugar, o Twitter. Também chegam muitos vindos do querido Manual Prático de Bons Modos em Livrarias.

As buscas que trazem leitores não têm termos estapafúrdios, como acontece com vários sites, mas algumas não têm relação como “owen wilson nariz”, só porque citei a característica peculiar do ator no post sobre Meia-Noite em Paris. O maior tráfego vem pela digitação de “menos um na estante” no Google, mas também por “frases de sábado” e “anão game of thrones”.

Deem uma olhada nos 10 links mais acessados da história do blog:

1. Home
2. Até no caminhão de lixo
3. O cara que transformou uma boca de fumo em biblioteca
4. Os fantásticos livros voadores do Mr. Morris Lessmore
5. Mas que o “Ctrl + F” faz falta, faz
6. O marcador de livros dos campeões
7. Três frases para um sábado
8. Bagunça atraente
9. Menos um na estante – Filed under ‘eu indico’
10. Sobre cinema, Meia-Noite em Paris e Dorian Gray

Tags deste post: , , , , , ,

O Dia do Beijo por Julio Cortázar

Publicado por em 13/04/2012 | 7 comentários

Foto de Zavarykin Sergey

“Toco a sua boca, com um dedo toco o contorno da sua boca, vou desenhando essa boca como se estivesse saindo da minha mão, como se pela primeira vez a sua boca se entreabrisse, e basta-me fechar os olhos para desfazer tudo e recomeçar. Faço nascer, de cada vez, a boca que desejo, a boca que a minha mão escolheu e desenha no seu rosto, e que por um acaso que não procuro compreender coincide exatamente com a sua boca, que sorri debaixo daquela que a minha mão desenha em você.

Você me olha, de perto me olha, cada vez mais de perto, e então brincamos de cíclope, olhamo-nos cada vez mais de perto e nossos olhos se tornam maiores, se aproximam uns dos outros, sobrepõem-se, e os cíclopes se olham, respirando confundidos, as bocas encontram-se e lutam debilmente, mordendo-se com os lábios, apoiando ligeiramente a língua nos dentes, brincando nas suas cavernas, onde um ar pesado vai e vem com um perfume antigo e um grande silêncio. Então, as minhas mãos procuram afogar-se no seu cabelo, acariciar lentamente a profundidade do seu cabelo, enquanto nos beijamos como se tivéssemos a boca cheia de flores ou de peixes, de movimentos vivos, de fragância obscura. E se nos mordemos, a dor é doce; e se nos afogamos num breve e terrível absorver simultâneo de fôlego, essa instantânea morte é bela. E já existe uma só saliva e um só sabor de fruta madura, e eu sinto você tremular contra mim, como uma lua na água.”

Ficaram sem fôlego? É um trecho do livro Jogo da Amarelinha (no original, Rayuela), de Julio Cortázar, publicado em 1963. Uma grande contribuição da leitora Paula Costa na fan page, que deixou o dia do beijo mais encantador e romântico.

A propósito, já curtiu a página do Menos um na estante no Facebook?

Foto de Zavarykin Sergey

Tags deste post: , , , , , , , , , ,

O @menos1naestante no Pinterest e com nova fan page

Publicado por em 5/03/2012 | Deixe um comentário

Decidi começar a semana contando algumas novidades do blog. A primeira é que temos uma fan page no estilo timeline agora! É que o Facebook avisou a todo mundo que as páginas serão exibidas como linha do tempo (igual aos perfis), automaticamente, a partir de 30 de março. E deu a opção de adiantar a ideia, foi o que aconteceu com o Menos um na estante.

Agora, quando você entrar lá, tem uma imagem grande de boas-vindas e as postagens são mostradas de forma diferente. O que você achou? http://facebook.com/menosumnaestante

Inaugurei a proposta com uma citação de Borges, mas a minha ideia é sempre colocar uma coisa diferente a cada semana. Algo que for surgindo entre as postagens, algo que retrate o sentimento dos últimos dias. Seria lindo receber sugestões de vocês.

Quero dizer que hoje sou bem empolgada com o espaço legal que se tornou a nossa fan page, com mais de 700 seguidores, rumo aos 1000! Consigo interagir com rapidez com todos vocês, fazendo perguntas, trocando ideias e postando coisas legais de rápido consumo. Então, se você ainda não curtiu lá, tá perdendo tempo! ;)

Outra novidade é que o blog se espalhou mais um pouco, ganhando um espacinho na mais nova rede social famosa. Para quem não conhece, o Pinterest é um grande quadro virtual onde você dá um pin nas imagens, fixando-as por lá e arrumando em quadros temáticos. Dentro do meu perfil pessoal, você encontra o board do @menos1naestante, que, engraçado, já tem bem mais followers do que eu: http://pinterest.com/marcialira/menos1naestante. E aí, vamos pinnar?

*Só pra ser diferente, esse post é sem imagem.

Tags deste post: , , , , ,

Quais são as suas metas de leitura para 2012?

Publicado por em 6/01/2012 | Deixe um comentário

Aparador de livros LEIA! - Site casalouca.com.br

A minha transição de ano foi a mais rápida de todos os tempos da minha vida, até onde eu me lembre. E já falei, né?, não sou boa com a memória. O fato é que trabalhei bastante, encontrei muitas pessoas, gente querida espalhada pelo mundo que passou pela terrinha para matar as saudades, e praticamente não cumpri meus rituais de fim de ano. Tipo, arrumar todas as coisas, jogar metade de fora, espiar a lista de metas do ano que acabou, planejar os próximos 365 dias.

Então, retomado a vida, ficou a pergunta: quantos livros você pretende ler em 2012?

Pedi respostas no Facebook e percebi que os meus leitores são muito mais ávidos que a dona do blog que vos fala: imagina, quase 40 livros por ano! Não chego nem perto.

O que eu acho importante é criar objetivos palpáveis. Se você leu dois livros em 2011, não invente de colocar dez na lista. Coloque cinco. Fica bem mais fácil cumprir o que você se propôs, mais instigante, e devorar alguns títulos a mais vai ser uma superação feliz. Porque, experiência própria, não tem coisa mais chata do que se frustrar com uma meta nascida impossível. E isso vale para tudo, né?

Sem falar que quantidade não é só o que importa. Cada leitor tem seu jeito de absorver as palavras, cada livro pede um tempo diferente de fruição. Às vezes quem lê menos obras se envolve mais com cada uma. Ou não. É por isso que a minha meta é ler pelo menos 1 livro por mês. 12 livros em 2012. Bem viável, não?

E você? Conta nos comentários abaixo ou na fanpage.

Prateleira "target books", da designer turca Mebrure Oral

Para organizar a cabeça e a estante, os aparadores de livros da Casa Louca (primeira foto), ou essa estante linda, do Bookshelf Porn.

Tags deste post: , , , , , ,

De leitor pra leitor, sugestões de presentes

Publicado por em 19/12/2011 | 3 comentários

Vamos lá, que este ano eu estou ajudando com os presentes de Natal. Depois das indicações de mimos aqui, perguntei aos leitores no Facebook, que livros eles gostariam de ganhar? Sugestões colhidas vão abaixo, com preços médios, para você não ir sem ideias para a livraria. Afinal, difícil presente mais certeiro para ambos os sexos do que oferecer uma boa leitura.

Indicações de Filipe Freitas

O Fim da Eternidade é um dos títulos do grande nome da ficção científica, Issac Asimov, que viveu entre 1920 e 1992. É uma das indicações de Filipe Freitas. A outra é As crônicas de Gelo e Fogo (os dois primeiros volumes de 5 lançados, saem por volta de R$ 69,90), do George R.R. Martin, base da série Game of Thrones, que estreou na TV causando alvoroço. Mas se for dar esse, certifique-se de que o seu presenteado ou gosta de ler ou é nerd o suficiente para iniciar a saga com esses dois calhamaços de 500 páginas.

indicações de Daniela Steagall

Nada de Novo no Front (L&PM Pocket, R$ 16), de Erich Maria Remarque, é a primeira sugestão da Daniela Steagall. Publicado em 1929, em um cenário belicoso, é um livro pacifista ao mostrar os horrores do ponto de vista de um jovem alemão. Tem também o clássico celebrado 1984, de George Orwell (Companhia das Letras, R$ 29,90).

Uma resenha do A História Sem Fim (Martins Fontes, R$ 42), de Michael Ende, no Livros e Afins dá uma ideia pra gente do porquê a Daniela o inseriu na lista. Parece que está fora de catálogo, mas na Estante Virtual sempre tem.

É o caso também de O Caçador de Andróides, de Philip K. Dick, sugestão da Aline Beuttenmüller. Esgotado, nem uma imagem decente eu encontrei, só tem alguns exemplares na Estante Virtual (ou talvez num sebo mais próximo de você), com preços entre R$ 25 e R$ 45.

Indicações de Larissa Brainer

Para Larissa Brainer, a lista de presentes cobiçados começam por Daytripper (Vertigo, R$ 52,20), de Gabriel Bá e Fábio Moon, os primeiros brasileiros consagrados com um Eisner, prêmio super importante na indústria dos quadrinhos. Na Revista O Grito, tem uma ótima resenha. O Anjo Pornográfico (Companhia das Letras, R$ 51,21), de Ruy Castro, sobre o escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues, é sempre uma boa pedida.

O Apanhador no Campo de Centeio, clássico de J. D. Salinger, sobre o qual você pode ler mais no Digestivo. Dica de Larissa ainda é o mais famoso de Jack Kerouac, On The Road (L&PM Pocket, R$ 19,60), famoso por retratar a juventude pé na estrada nos anos 60. Não é a primeira vez que ele rola por aqui, Catarina sugeriu até um roteiro, começando dele, para entender a geração beat.

Outras indicações de Larissa Brainer

E, por último, Zen e A Arte da Manutenção de Motocicletas, de Robert M. Pirsig, que é meio difícil de encontrar, mas vi por R$ 52 na web. No resumo, “uma viagem de moto feita por um homem e seu filho durante as férias de verão transforma-se numa odisséia pessoal e filosófica”. Pelo jeitão, eu nunca leria, mas se Larissa indicou, eu boto fé.

Obrigada demais a todos que contribuíram! <3

Que você achou? Tem mais sugestões? Vai dar algum de presente? Conta nos comentários!

Tags deste post: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Página 1 de 212