Posts de marcialira

9 street art literárias incríveis pelo mundo

Publicado por em 19/06/2015 | 4 comentários

Tem quem não goste de street art? Eu não conheço. É aquela arte que o artista dá para a sociedade, ao alcance de todos no lugar onde as coisas acontecem: as ruas. Coloca cor nas cidades cinzentas e, muitas vezes, provocações no cotidiano.  Curto muito quando dou de cara com algumapor onde ando, inclusive descobri que tem umas bem legais por aqui. Então resolvi reunir aqui umas literárias que tenho visto, as que eu mais gostei. Estão em diferentes lugares do mundo, pura inspiração. Gosto de pensar que o artista ficou tão inquieto depois de ler o livro que precisou expressar isso nos muros, precisou colocar pra fora. E assim a literatura vai cumprindo sua função.

A Revolução dos Bichos, de George Orwell

1. A Revolução dos Bichos, de George Orwell. Foto daqui.

Alice no País das Maravilhas , by Banksy.

2. O Mágico de Oz, by Banksy. Daqui.

Leia mais

Tags deste post: , , ,

Pocket post #1 | Game of Thrones e outras coisas

Publicado por em 15/06/2015 | Deixe um comentário

Game Of Thrones, eu lerei.

Game Of Thrones, por que fazes assim?

» 1. Final da 5ª temporada de Game of Thrones
Quem é fã da série e não surtou ainda, é porque não viu o último episódio da 5ª temporada. #WTF, o que foi isso, héin? O único conforto ao final, foi ver que estamos todos nós juntos, fãs da série, nessa angústia. O Buzzfeed retratou bem como nos sentimos [ATENÇÃO, todos os links deste tópico contêm SPOILERS!]. E o impressionante é como a história na série acontece muito diferente da do livro, discrepâncias impressionantes listadas pelo site IGN [em inglês] ponto a ponto. Ou seja, não é bem a série do livro que estamos vendo. Esses e outros motivos que explicarei melhor depois me fizeram tomar uma decisão: sim, eu lerei as obras de George R. R. Martin.

» 2. Vídeo da New Yorker com ilustras do Liniers
Tudo do Liniers é muito massa, e aí pra arrematar de vez a revista americana The New Yorker fez esse videozinho divertido pra o Instagram deles, o Henrietta Reads, homenageando alguns classicos da literatura. Mas se você segue o Menos1naestante na rede social, você já viu. ;)

Leia mais

Tags deste post: , , , ,

Projeto #12 livros em 2015

Publicado por em 20/05/2015 | 8 comentários

Projeto 12 livros em 2015

O ano vai ser diferente. Tem que ser. Desde a volta do blog, decidi. Parei com essa história de metas de leitura distantes e impossíveis, que resultam num fim de ano frustrante. Eu corro demais. Você também deve correr demais, acontece com todo mundo hoje. É trabalho, é casa, contas pra pagar, marido, família, amigos, estudos.

Decidi focar no que está ao alcance, e assim surgiu o 12 livros em 2015 #12livrosem2015. É o mínimo de 1 livro por mês.

Pra quem tem um ritmo acelerado de leitura, essa meta vai soar como gargalhada. É o caso de muitos leitores do blog, grandes devoradores de livros. Eu acho lindo demais. Mas pra mim não funciona do mesmo jeito. Pra mim, menos é mais.

E pra você? Leia mais e participe também

Tags deste post: ,

Vai ter Troca-Troca Menos1naestante no Recife

Publicado por em 23/04/2015 | 3 comentários

Troca-Troca de Livros Menos1naestante

É a melhor novidade que eu poderia trazer aqui hoje, no Dia Internacional do Livro: vai rolar o Troca-Troca Menos1naestante aqui no Recife. Tem tudo pra ser um super encontro de leitores promovido pela grife Calma Monga, pelo ateliê de bicicletas Reciclo Bikes e pelo blog, que comemora 5 anos de vida (viva!). Se você mora em Pernambuco, não pode perder: sábado (25.04), na Casamarela . co working, das 10h às 17h.

É a desculpa perfeita para um sábado de troca de ideias e impressões sobre leituras, e eu estarei lá o dia todo. Então separa o livro que você gostou tanto que precisa dividir com alguém. Ou aquele que começou a ler e abandonou. Só não vale levar livros escolares ou capa-dura-tijolo jurídico só para se livrar.

As trocas podem acontecer de duas formas:

Leia mais

Tags deste post: , ,

Menos1naestante: o post da volta

Publicado por em 15/04/2015 | 9 comentários

Gosto de dizer que eu tardo, mas não falho. E após alguns meses está o Menos1naestante aqui de volta :) É meio chato mimimi de blogueiro, mas sinto que é importante dizer alguma coisa sobre essa parada. No final de 2014, eu vinha bem insatisfeita com os rumos do blog, por dois principais motivos:

  1. Falta de um ritmo de leitura mínimo (coisa que me trava completamente pra escrever aqui. Afinal, né?)
  2. Não conseguia manter uma frequência de atualização.

A esparrela da “falta de tempo” é a primeira que vem à cabeça pra justificar. E tô fugindo dela. Tenho procurado pensar na linha de: tempo, todo mundo tem as mesmas 24 horas do dia. A diferença é o que cada um faz com o seu quinhão. Prioridades. Mas ter essa consciência não significa que eu ache fácil conciliar tudo. Ainda é muito difícil.

O post da volta

Da mesma forma que ainda sofro com o fato de que não há longevidade que me permita ler todos os livros que quero na vida.

>> Pausa para: você já se deu conta disso? Vive bem com esse fato (ou seria fatalidade)?

Continue lendo aqui

Tags deste post: , ,

“O livro só existe plenamente na cabeça do leitor”

Publicado por em 13/12/2014 | 2 comentários

Frase - Rebecca Solnit

[em tradução livre] “O objeto que chamamos de livro não é o verdadeiro livro, mas o seu potencial, como uma partitura musical ou semente. Ele existe plenamente apenas no ato de ser lido; e sua verdadeira casa é dentro da cabeça do leitor, onde a sinfonia ressoa, a semente germina. Um livro é um coração que só bate no peito de outro.”

Essa frase é uma verdadeira declaração de amor ao livro. Dizer que ele só funciona quando a gente lê. Mais um motivo pra deixarmos nossos livros lá na estante sem vida nem brilho. Vi aqui.

Tags deste post:

Jabuti 2014: 5 livros que você deveria ler (e eu também)

Publicado por em 25/11/2014 | 2 comentários

Prêmios literários sempre geram controvérsias. Muitos críticos discordam, apontam injustiças. Fulano que devia ter sido premiado, cicrano que nem escreveu essas coisas todas. Tem quem diga que o júri é conservador, ou que é inovador demais.

A verdade é que nunca todo mundo fica satisfeito.

Discordâncias à parte, o legal é que edições como o Prêmio Jabuti fazem um recorte na produção livresca, destacam coisas interessantes no meio de tudo. Para o autor, é um incentivo, visibilidade e disputa.

Para os leitores, é uma forma fácil de descobrir novidades boas. Por isso que eu fui ver o que o Prêmio Jabuti 2014 trouxe de legal pra gente.

Ou seja, se você está sem inspiração pra leitura, ou sem saber qual o próximo livro que você vai abrir, caiu no post certo. Entre os vencedores da edição 2014 do Prêmio Jabuti, destaco 5 livros. De quebra, viram ótimas opções para presentear os queridos no Natal.

Miltom Hatoum e Bernardo Carvalho

1.
Um Solitário à Espreita, Milton Hatoum
É um livro de crônicas, onde ele conversa com o leitor em textos publicados ao longo dos últimos dez anos, não é diferente. Os temas são memória, linguagem, política, realidade. Parece imperdível. E se não for ler esse, leia qualquer outro dele.
Categoria Contos e Crônicas – 3º lugar
Leia um trecho

2.
Reprodução, de Bernardo Carvalho
Ouço falar dele há um tempo, mas ainda não conheço as obras do autor. Uma googlada pelo nome do livro nos leva a um monte de críticas no estilo: surpreendente! se reinventou! o retrato da realidade! O que me conquistou mesmo foi o argumento do livro, que é esquisito e atraente: um estudante de chinês, um cara recém demitido do mercado financeiro, comentarista de blogs, encontra a ex-professora no aeroporto e é abordado por um agente, e o resto do livro parece que se passa na sala do delegado. Boto fé.
Categoria Romance – 1º lugar.
Leia um trecho

Leia mais

Tags deste post: , , , , , , , , , ,

8 homenagens ao #DiadoLivro: só falta a sua

Publicado por em 29/10/2014 | Um comentário

Dia Nacional do Livro, 29 de outubro

Sabe quando é aniversário de uma pessoa muito, muito especial? Você quer fazer uma coisa tão incrível que nem sabe direito o quê, preparar uma surpresa, o melhor presente do mundo. É mais ou menos a sensação neste 29 de outubro, Dia Nacional do Livro. Acredito que todo leitor se sinta meio assim. Afinal, pense num negócio que faz a vida da gente melhor. Cada vez que consigo parar pra ler algumas boas páginas ou capítulos, é uma pequena alegria. Sim, mesmo acontecendo muito menos do que eu realmente gostaria.

Na mais frenética das redes sociais, o Twitter, tá bonito de se ver as homenagens com as hashtags #DiadoLivro ou #DiaNacionaldoLivro que estão rolando hoje. Por isso, selecionei algumas pra colocar aqui. Só que a melhor homenagem é mesmo a que você faz abrindo um livro, nem que seja por meia hora. E eu estou falando exatamente com você que não lê nem bula de remédio há tempos. Todo mundo tem um livro à espera de leitura: pegue o seu, nem que seja por meia hora. Topa o desafio? Ah, ler um pouco pra o seu filho também conta.

Leia mais

Tags deste post: ,
Página 1 de 6312345...Última »