Sabe quando você tá sem conseguir ler muito porque as notificações do celular chamam, a Netflix liberou uma série nova, o bate-papo do messenger tá bombando ou simplesmente porque você não tá mais acostumado e tudo vem na frente?

Quando a coisa tá assim, porque ler hoje é ir na contramão, pode ser uma ótima ideia dar uma escapada para o parque da cidade ou para algum lugar diferente, ao ar livre, com muito verde de preferência, pra renovar esse abraço com o livro.

Engenho Pombal - o pôr do sol

O que dizer desse pôr do sol?

Pensei um bocado nisso esses dias porque eu revisitei um lugar fantástico para se estar acompanhada com um bom livro: o Engenho Pombal.

Tanto que resolvi vir mostrar aqui fotos desse lugar encantador pra inspirar vocês a também encontrar espaços especiais que façam da leitura um momento único, uma experiência sensorial completa.

Engenho Pombal - o cantinho mágico

O cantinho perfeito pra leitura com a porta mágica pra o jardim

O Engenho Pombal é um sítio em Vitória de Santo Antão, um verdadeiro patrimônio pernambucano de mais de 400 hectares pertencente aos Andrade Lima desde o século XIX. As terras abrigam os vários descendentes do coronel Hisbello e Lucila, e dos seus 13 filhos.

Engenho Pombal 07 - escada

Até essa escadinha convida pra abrir um livro

É impressionante estar a apenas 40km do Recife e ter uma experiência tão rústica, dormindo num casarão que exala história em todos os seus detalhes, das grades ao piso do banheiro. É como se hospedar num museu vivo. Em todo canto, tem um objeto, uma estátua, um retrato que evoca até memórias que a gente nem sabia que tinha.

Engenho Pombal 11 - o som ao redor

Cenas do filme O Som ao Redor foram gravadas aqui

 

Engenho Pombal 06 - alpendre

Toda a tranquilidade de olhar pra qualquer lado e ver uma paisagem verde

O resto do espetáculo fica por conta da natureza. Depois que você se acostuma a estar lado a lado com toda sorte de besouros, minhocas, rãs, sapos, etc, você entende que ali é o habitat deles e você é o visitante. Portanto, fique peixe. Pode até ser que você não se acostume, mas vai ser recompensador de qualquer jeito.

Engenho Pombal 08 - catiorros

Se eu aprendi bem, essa é Lili, uma de quatro cachorros que moram lá

Por exemplo, você se lembra da última vez que viu um céu estrelado? Lá no Engenho Pombal todas as noites dá pra ver algumas constelações, e isso é impagável. Na cidade, nem a mais forte noite de lua cheia volta a mostrar as estrelas pra gente a olho nu.

Tomar banho de açude, se sentindo parte da natureza. Tem até uma piscina, ou ofurô (para os íntimos) com água do açude pra refrescar o calor que faz de dia. Fora o cheiro de orvalho, a cachoeira pertinho que tem sofrido com a seca no agreste. A luz do sol pintando os cenários.

Engenho Pombal 09 - jardim

Mais um dia de sol no Engenho Pombal

 

Engenho Pombal - Produção de orgânicos

Tem uma produção de orgânicos lá, e eu provei e aprovei :)

Tudo bem que o final de semana foi tão intenso e repleto de momentos legais em grupo, que não li nem um terço do que imaginei, mas com certeza nas próximas vezes em que abrir um livro vou me sentir um pouco lá com o silêncio dos grilos.

Engenho Pombal - os anfitriões

Os melhores anfitriões que você respeita.

E é óbvio que não posso esquecer de falar dos melhores anfitriões, Gil e Serginho. <3

Engenho Pombal 05 - autoretrato

Vida longa ao Engenho Pombal <3

*Um agradecimento especial ao marido pela maioria das fotinhas: Tárcio Fonseca <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags deste post: , ,

Um Comentário

Join the conversation and post a comment.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *