Meta de leitura

Desde que o ano começou era pra eu ter compartilhado uma coisa ruim com vocês. Considerando que estamos no primeiro dia de maio, notem o quanto procrastinei: o fato é que não consegui cumprir a minha meta de leitura no ano passado.

~ Sobe som de música dramática de fracasso ~

E eu não vou mentir: era uma meta bem viável de 12 livros no ano inteiro. O projeto #12livrosem2015. Então vocês vão perguntar como uma blogueira de livros não leu 12 livros em um ano, e eu não vou saber responder.

Pelo menos aprendi uma coisa importante. Entendi que há uma incoerência entre o fato de ler ser prioritário pra mim e o modo que levo a minha vida, pois não tem me permitido dar vazão a essa atividade (alguém entende ou até se identifica com isso?).

Essa percepção me levou a repensar e a mudar um pouco meu funcionamento pra esse ano, e tenho obtido alguns frutos. Por exemplo, estou finalizando o quarto livro em abril e isso me parece bom. Só que pelo trauma, escolhi não estipular metas esse ano.

A vida não é fácil pra ainda ficar se martirizando com uma meta de leitura, né? Decidi usar essa experiência para algo positivo e a partir do que não funcionou comigo, trago 6 dicas para a sua meta literária dar certo este ano (ainda é tempo!).

1. Coloque uma meta que você vai poder cumprir.

Ok, queria ler 50 livros em 2016 mas essa é uma meta viável? Pense no seu dia a dia, coloque num papel, tirando as obrigações e as coisas que você precisa fazer toda semana. Quanto tempo sobra? Desse tempo que sobra, tem coisas que você quer fazer com ele. E quanto pode ficar pra leitura? É um exercício interessante de se fazer pra ter noção e criar uma meta de quanto tempo.

2. Não se apegue ao momento da leitura

Eu gosto de ler no meu momento de leitura. Ou seja, à noite com umas duas horas livres. Mas também não pode ser muito perto de dormir porque fico com sono. Ou no fim de semana, em casa. Ou seja, é difícil, né? Esse apego ao “momento especial de leitura” acaba me travando. Penso que se eu ficasse mais aberta a ler em pequenos tempos livres, que atualmente tenho usado pra ficar no celular, eu conseguir fluir mais nas leituras.

3. Celular x Livro, faça a escolha certa

É provável que muito do seu tempo de leitura esteja sendo desperdiçado de cara para a tela do celular, conversando besteira no WhatsApp e se atualizando da última treta no Facebook.

4. Se não está gostando de ler, troque o livro.

Pra que fazer isso, quando você poderia estar lendo um livro bom que faria você ficar super empolgado pra ler outro e etc. É claro que isso não significa que você só deva ler livros fáceis. Um clássico ou um livro mais denso podem ser incríveis, mas dificilmente será uma leitura muito fluida. Mas se você quer ler um clássico, e depois de umas 50 páginas ainda está se arrastando, escolhe outro clássico então e volta pra aquele em outro momento.

5. Não demore pra começar outro livro.

Fico meio travada quando acabo um livro e sempre demoro pra começar outro. Acho tenho medo das coisas se misturarem na minha cabeça e dou mais tempo pra processar melhor aquela história. Mas tenho começado a fazer logo depois da última página uma série de anotações sobre o livro, o que tem me ajudado a encerrar aquele ciclo de leitura e a ficar livre pra outra. Encontre o seu modo de fazer, mas fique atento pra não procrastinar.

6. Cuide do seu canto preferido de leitura

Se você não tem um canto preferido pra ler na sua própria casa, isso é um problema. Você precisa descobrir qual é. Uma poltrona, o sofá, uma rede, sua cama. É importante que seja um canto em que seja viável ler sempre que você tiver tempo disponível. Pode ter certeza que para o funcionamento do nosso cérebro, é um empecilho uma poltrona que é o seu lugar mas sempre está cheia de roupas. Esse assunto rendeu um post inteiro cheio de dicas.

E você, o que faz para alcançar a sua meta? Espero que as sugestões aqui lhe ajude. Adoraria receber boas notícias suas no fim do ano.

SE VOCÊ GOSTOU DO CONTEÚDO, FAÇA UMA AÇÃO.

– Comente.

– Curta e siga o blog no Facebook.

– Compartilhe este post no Facebook. Share

Assine a newsletter e receba o blog no seu e-mail.

– Siga o blog no Twitter e Instagram.

É muito importante pra mim saber o que vocês acham do que escrevo (ou os colaboradores), e me estimula a continuar postando. <3

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags deste post: , ,

6 Comentários

Join the conversation and post a comment.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *