Clique e saiba mais. #12livrosem2015

Tem título de autoajuda, mas na verdade A Arte de Fazer Acontecer é a bíblia do conceituado método de organização e produtividade criado por David Allen, autor do livro. O Getting Things Done, abreviado de GTD, é o assunto deste livro. E o que isso tem a ver com livros e leitura?

Muita coisa.

A principal é que este é sobre não se distanciar dos livros, e organização e produtividade tem tudo a ver com conseguir ler mais e com mais qualidade. Concorda?

Por isso, embora seja um livro mais técnico, a minha segunda leitura do ano – demorei a fazer a resenha! – merece um espaço aqui.

A premissa do método é simples, e talvez por isso seja tão encantador logo de cara: sua mente foi feita para ter ideias, não para mantê-las. Então o GTD quer livrá-la do peso de ter tantas coisas acumuladas, deixando sela livre para criar e focar.

Dar ordem ao caos. Meio como o Google, que quer organizar a internet, sendo que pra sua vida.

Livro sobre o GTD, de David Allen

E é difícil que alguém não se identifique com essa necessidade no tempo tão corrido, caótico e veloz em que vivemos. Não à toa, Getting Things Done é um best seller internacional publicado em mais de 28 línguas, desde 2001. 

Eu sempre quis ser alguém.
Eu deveria ter sido mais específica.”
– Lily Tomlin

Tudo porque no livro, David Allen pega você pela mão e leva para passear pela implantação do GTD na sua vida, passo a passo. Coletar, processar, organizar, revisar e fazer são os passos básicos e contínuos.

Começa com anotar em papeis em branco toda e qualquer ideia que você tiver na cabeça. Para administrá-las e poder produzir com a mente livre, é preciso que essas informações entrem num sistema confiável. Separar o que é tarefa a cumprir, de anotação para consultar um dia, compromisso com hora e data ou a entrega de um trabalho. Daquelas coisas simples e lógicas que a gente não faz.

O GTD ensina você a usar as mesmas universais 24 horas que você tem ao seu favor. Refletir e conhecer os seus objetivos de vida, missão, desejos geram uma série de parâmetros para fazer escolhas melhores. E evitar frustrações.

É simples, mas não é fácil, pois demanda mudança. De uma forma que só eu sei, o GTD tem transformado a minha vida.

Para vocês terem ideia, eu reorganizei vários cômodos e armários na minha casa, inclusive a minha estante – post a caminho. De uma maneira que eu nunca imaginaria. Descartei coisas que não faziam nenhum sentido e deixei tudo mais funcional. Isso tem feito toda a diferença no meu dia a dia, em todas as funções que exerço: dona de casa, blogueira, esposa, profissional, filha, irmã, amiga, etc.

É importante dizer que além do livro, a descoberta do Vida Organizada foi essencial para entender a aplicação e os desdobramentos do GTD. Se vocês se interessaram, caiam de cabeça no blog da Thais Godinho, cujos conteúdos são interessantíssimos.

Edição 2015 do livro, só em inglês.

E sobre o livro, David Allen lançou uma edição revisada do Getting Things Done neste ano de 2015, o que significa que quem comprar vai pegar tudo bem fresquinho com suas observações e experiências mais recentes.

Ficou curioso sobre o GTD? Se você curtiu a resenha, dá um like. :)
Saiba opiniões sobre outros livros na seção Resenhas. Leia sobre o projeto de metas possíveis 12 livros em 2015.

Nota: 3/5
Editora: Elsevier, 2005
Páginas: 200
ISBN: 9788535219081

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags deste post: , , , ,

10 Comentários

Join the conversation and post a comment.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *