Livros na mochila

O meu momento é de férias, essa palavrinha linda de sete letras. Tão especial que até escrever um post durante o “fazer nada” a bordo de um avião, como faço agora, é prazeroso. Em algumas horas, conhecerei o Chile, a terra de Pablo Neruda, Isabel Allende, Alejandro Zambra, Roberto Bolaño e tantos outros.

Nos preparativos para a viagem, fiz uma pesquisa #menos1nestante sobre a literatura do país e descobri que tem muita coisa interessante vinda de lá. Para entrar no clima, pensei em começar lendo o Bonsai, do Alejandro Zambra, mas tentei em duas livrarias e não o encontrei. Só vi críticas boas sobre o livro, que foi lançado há pouco tempo.

De qualquer forma, não embarcaria desprevinida. Alguns minutos na frente da estante depois, escolhi dois felizardos bem diferentes entre si: O Grande Gatsby, de Fitzgerald e Amor Líquido, de Bauhman. Mas, tenho que dizer: como é difícil escolher livros para levar na viagem, né?

Enfim, no meu roteiro estão visitas a no mínimo duas das três casas de Pablo Neruda, localizadas em Santiago e arredores, que foram transformadas em museus. E, claro, contarei tudo aqui no blog. Até lá, o Menos um na estante vai ficar preguiçoso, mas tentarei escrever alguns posts entre um passeio e outro.

Ah, se alguém tiver dicas turístico-literárias para mim no Chile, passe por favor. :)

PS: Só consegui postar isso dois dias depois que escrevi, mas o clima é o mesmo. Tudo volta ao normal no dia 22/11.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags deste post: , , , , , , ,

2 Comentários

Join the conversation and post a comment.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *