A Broadway Books era uma livraria independente em crise, em Portland, Oregon, nos Estados Unidos. Infelizmente, uma situação cada vez mais comum no mundo diante da força dos grandes magazines de livros. Quando Roberta Dyer, a proprietária, contou a situação ao filho, o motivou a usar o Twitter e 1 mil dólares para tentar salvar o negócio da mãe.

É a história que você vê acima, num vídeo produzido pelo próprio Twitter para mostrar o poder da ferramenta. Em troca da compra de livros no lugar, Aaron começou a dar burritos. A ação foi replicada à vontade e assim a livraria teve uma das melhores temporadas de vendas, ganhou clientes novos. Está muito bem, obrigada, há três anos.

Bonita a história, né? Seria legal se todos os donos de pequenas livrarias e sebos conseguissem fazer uso desses recursos, hoje e dia aí tão fáceis de serem aproveitados.

Dica boa da Larissa Brainer, que é cheia dos blogs (aqui e aqui).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tags deste post: , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *