Posts publicados em Fevereiro de 2011

Não deu tempo, Moacyr Scliar

Publicado por em 28/02/2011 | Deixe um comentário

Sempre simpatizei com a cara de gente boa do escritor Moacyr Scliar, jeito humilde de que tem muito a ensinar. Então eu esperava ler alguns livros dele e então vê-lo dar opiniões em algum evento literário. Dessas coisas que a gente vai adiando. Poxa, não deu tempo. Na madrugada desse domingo, Scliar faleceu mais de um mês depois de sofrer um AVC, em Porto Alegre. Lamentável. Resta a nós sorver sua generosidade, como diz esse lindo texto do Michel Laub, pelos mais de 70 títulos do considerado mestre da narrativa. Legal a entrevista acima, onde ele fala de algumas obras e seus processos criativos.

Tags deste post: , , ,

Literatura e mídias digitais: bate-papo com o NotaPE

Publicado por em 22/02/2011 | Deixe um comentário

Cartaz do evento "Conversa com o NotaPE" no Espaço Cultural Banquete

Num misto de espaço cultural e restaurante, o Banquete é muito bem-vindo ao abrir lugar para discussões literárias, cinematográficas, digitais e o que mais der na telha. Dessa vez, quem estará lá é a equipe do blog NotaPE, nesta quarta-feira (23/02), às 19h. Artur Lins, Cristiano Ramos, Johny Martins e eu, vamos participar de um bate-papo sobre os rumos da crítica literária e sua difusão por meios digitais.

Que tal dar um pulinho lá? Será uma ótima oportunidade para trocar ideias, conhecer os leitores do NotaPE, receber sugestões. O Espaço Banquete tem um blog e fica na rua Capitão Lima, 195, Santo Amaro, Recife-PE. Telefone (81) 3423.9427.

Tags deste post:

Suportes descolados para livros

Publicado por em 19/02/2011 | Deixe um comentário

Todo mundo merecia ter suportes lindos e/ou descolados como esses, para apoiar objetos especiais como os livros. Esses são alguns que escolhi no meio da seleção dos dez mais da flavorwire, e juntei com uns bem legais que tem na Imaginarium (e podem ser comprados na loja virtual).

Tags deste post: , ,

Teoria sobre a ideia

Publicado por em 17/02/2011 | Um comentário

Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Foto: Frédéric della Faille

“No dia em que o mundo acabou, as ideias ficaram soltas no ar. As fórmulas, os insights, e as piadas todas juntas. Mesmo as ideias esquecidas, as fracas, as sem pé nem cabeça. É certo que algumas ideias esqueciam de si mesmas e outras se confundiam com exemplares similares, pois talvez toda ideia seja uma outra fantasiada”.

Que tal a teoria? Trechinho de Efeito número 4, de Felipe Arruda, que tem um blog. O conto está em Tempo Bom.

Foto de Frederic

Tags deste post: , , , , ,

Menos um na estante nas redes sociais

Publicado por em 17/02/2011 | Deixe um comentário

Redes sociais do Blog Menos um na estante

Quem gosta de acompanhar o Menos um na estante, pode querer também encontrar o blog em outros points na internet. É que eu criei perfis nas redes sociais, mas ainda não tinha registrado aqui. Tem a página para curtir e acompanhar as atualizações no Facebook, o perfil no Twitter, a estante lá no Skoob e presença garantida n’ O Livreiro. Das duas últimas redes sociais específicas de livros, tento descobrir a melhor. E no meu Twitter pessoal, falo de tudo que me interessa (jornalismo, cinema, cultura, mídias sociais, etc). Sejam bem-vindos, aqui ou em qualquer lugar ;)

Tags deste post: , , , ,

Escritores em Lego

Publicado por em 16/02/2011 | Deixe um comentário

Ernest Hemingway em Lego - via flavorwire.com

via flavorwire.com

Os nostálgicos de plantão decidiram representar todo o mundo em Lego, ao que parece. Quase todos os dias eu vejo fotos de alguma coisa diferente montada nas pecinhas da infância. É claro que os escritores não poderiam escapar, e o resultado ficou divertido. Vale ir lá no flavorwire e ver vários outros autores: Ezra Pound, Descartes, Fitzgerald, Edgar Allan Poe, Shakespeare….

Tags deste post: , ,

Por que eu gosto de ler livros?

Publicado por em 14/02/2011 | 4 comentários

Eu deitada no sofá da sala, com uns sete ou oito anos, ao lado de uma caixa de som, devorando Reinações de Narizinho ou outro livro da turma do Sítio do Picapau Amarelo, de Monteiro Lobato. É sempre a cena que me vem à cabeça quando penso no início da minha paixão pelos livros. Era domingo, dia de festa, família reunida e eu curtindo do meu jeito. Lembro de, só muitas páginas depois, ter me divertido ao perceber a música alta junto de mim.

Miniature - Foto: Hilde Skjølberg

Não sei o que me motivava na época. Eu não era popular no colégio, e adorava passar recreios “alugando” livros ou vendo revistas na biblioteca. Talvez fosse poder ter um roteiro ali para inserir minhas doses de imaginação e viver as histórias.

Infelizmente, não leio com a mesma assiduidade, nem tenho a mesma concentração. Mas continuo apaixonada.

Hoje, o que eu acho mais especial é que a literatura consegue, seja lá por que meios e a que preço, me apresentar uma nova visão dos fatos. Ela é agente de um desses clichês inevitáveis da vida: que muita coisa não muda, quem muda é a gente. E às vezes basta um pensamento de um personagem, um modo diferente de ter o mesmo raciocínio. É uma palavra colocada no lugar exato que faz uma diferença enorme na forma de sentir e pensar, daí em diante.

Dia desses, estava lendo um conto do Ronaldo Correia de Brito chamado O que veio de longe. O primeiro parágrafo descreve o corpo de um homem descendo o rio depois de uma enchente. O foco do texto nem é a cheia, mas aquele parágrafo me tocou para o sofrimento que é vivenciar uma situação dessas de um jeito que dezenas de matérias sobre Santa Catarina ou Pernambuco não conseguiram. A literatura humaniza, é isso.

Esse post faz parte da blogagem coletiva proposta pelo blog Livros e Afins, nesta segunda-feira, que convocou os blogueiros para responderem a pergunta do título. E você, por que gosta?

Foto de Hilde Skjølberg

Tags deste post: , , , , ,

Leia, grife, fotografe

Publicado por em 14/02/2011 | 2 comentários

Grifei um livro

via grifeinumlivro.tumblr.com

Por conta de um tweet do Alessandro Martins, dono do blog Livros e Afins, hoje eu conheci esse tumblr bacana: Grifei num livro. A ideia é simples. Você marca alguma frase ou trecho, faz um clique e manda a imagem para grifeinumlivro@gmail.com, indicando a obra e o autor. Confesso que já pensei em registrar alguns grifos para cá para o Menos um na estante mesmo :)

Tags deste post: , , , ,
Página 1 de 3123